Para evitar entrada da peste suína no RN, 35 porcos são sacrificados em Baraúna

Para evitar entrada da peste suína no RN, 35 porcos são sacrificados em Baraúna

Pelo menos 35 porcos foram sacrificados nesta quarta-feira (5) em Baraúna — Foto: Idiarn

Operação realizada pelo Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn) apreendeu animais que estavam em um caminhão do Ceará, onde há focos da doença.

Pelo menos 35 porcos foram sacrificados nesta quarta-feira (5) em Baraúna, na região Oeste potiguar. Segundo o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), as mortes foram necessárias para evitar a entrada de animais no estado infectados pela peste suína. No Ceará, há focos confirmados da doença.

Ainda segundo o Idiarn, os porcos sacrificados estavam em um caminhão que vinha do Ceará para o Rio Grande do Norte sem documentação zoossanitária. “Devido a focos da doença no estado vizinho, o trânsito de suínos está suspenso daquela região para os demais estados do país, fazendo com que ações como essa sejam intensificadas”, afirmou o órgão.

Ainda de acordo com o Idiarn, os 35 porcos foram “eutanasiados, respeitando as normas sanitárias vigentes, com o descarte correto das carcaças, além da desinfecção de toda a propriedade e materiais utilizados na ação”.

Peste suína

A ‘peste suína clássica’ é uma doença altamente contagiosa, causada por um vírus que acomete porcos e javalis, onde os animais infectados apresentam febre alta, lesões avermelhadas pelo corpo e uma elevada mortalidade.

Por G1 RN

Postar um comentário

0 Comentários