Em inspeção de urgência, MP apura denúncia de acúmulo de corpos sem identificação no Itep-RN

A 19ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal realiza, na manhã desta quinta-feira (24), uma inspeção de urgência na sede do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). O objetivo é investigar o atraso na confecção de laudos necroscópicos, que tem gerado o acúmulo de dezenas de cadáveres sem identificação.

A inspeção, inclusive, chegou a ser anunciada em uma portaria publicada no dia 17 deste mês, quando foi instaurado um inquérito civil.

Na publicação, o promotor Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo destacou que a promotoria havia recebido a informação de que, no Itep, em Natal, existem “dezenas de cadáveres em um cômodo fechado”, os quais “estariam há mais de um ano aguardando a entrega dos respectivos laudos de exame necroscópico”.

A portaria ainda ressaltou que, no ano de 2014, a exposição de corpos no pátio do Itep e o acúmulo de cadáveres foi destaque nacional, situação que “atenta contra o direito fundamental à segurança pública, o princípio da razoável duração do processo e o direito natural de culto aos mortos”.

Por G1/RN

Postar um comentário

0 Comentários