Após derrota em Aracaju, Ranielle pede demissão do comando técnico do ABC

Ranielle Ribeiro não é mais o treinador do ABC. Na tarde desta segunda-feira, 13, o técnico se reuniu com o presidente abecedista, Fernando Suassuna, o vice-presidente e vice-presidente de futebol, Bira Marques, e o executivo de futebol, Giscard Salton, e acertou a sua saída do Alvinegro.

O profissional deixa o comando do “Mais Querido” depois de quase dois anos à frente da equipe. Ranielle assumiu o ABC ainda na reta final da Série B 2017, levou o clube ao título estadual 2018 de forma direta, sem a necessidade de final e ao terceiro lugar na Copa do Nordeste.

Desde a vitória diante do Náutico-PE, em Caruaru (PE), pela 31ª rodada da Série B 2017, até o compromisso deste domingo, 12, contra o Confiança-SE, pela 3ª rodada da Série C 2019, foram 85 jogos sob o comando técnico Alvinegro, com 44 vitórias conquistadas, 14 empates e 27 derrotas.

Em nota divulgada no site oficial do clube, a diretoria do ABC externou “sua gratidão e apreço pelo trabalho de Ranielle, enaltecendo o espírito profissional e ético, somados ao grande amor e dedicação demonstrados ao longo desses anos”, e desejou sucesso ao profissional para a sequência de sua carreira.

Agora, a direção abecedista trabalha para a definição do novo treinador, que chegará para comandar a equipe no restante da disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. O novo comandante encontrará a equipe no G-4 da Série C e com calendário garantido para a temporada 2020 (Estadual, Copas do Brasil e do Nordeste, e Brasileirão).

Por Agora RN

Postar um comentário

0 Comentários