Assassino de Rafael Miguel e dos pais do ator continua sendo procurado pela polícia

Em duas horas de depoimento, Isabela contou que tudo aconteceu quando estava voltando para casa.
O comerciante Paulo Cupertino Matias, que matou o ator Rafael Miguel e seus pais no domingo (9), continua sendo procurado pela polícia. Na noite desta segunda-feira (10), a namorada do ator, Isabela Tibcherani e a mãe dela, Vanessa Tibcherani, prestaram depoimento.

Em duas horas de depoimento, Isabela contou que tudo aconteceu quando estava voltando para casa, que fica no bairro de Pedreiras, na Zona Sul de São Paulo, de carona com Rafael Miguel e os pais dele: João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos.

Ela disse que o namorado e os pais estacionaram o carro e a acompanharam até o portão de casa. Nesse momento, ela contou que o pai estava a esperando, o que foi uma surpresa, já que o pai não morava mais com a mãe dela.

Paulo Cupertino Matias teria mandando a filha entrar e ficou do lado de fora com Rafael e a família dele. Isabela disse que, logo depois, vieram os disparos. O enterro dos corpos do jovem e dois pais ocorreu na tarde de segunda.

Pai não aceitava namoro

Na saída da delegacia, o advogado de Isabela, Eliton Lima dos Santos, disse que o pai de Isabela é agressivo e não aceitava o namoro de mais de um ano com o Rafael.

"Ela foi tanto vítima quanto a família do Rafael. Ela não estava sabendo de nada. O pai dela não aceita o namoro dela. Simplesmente isso. Nunca aceitou e não concordava."

Por G1

Postar um comentário

0 Comentários