Irmãos sequestrados na Região Oeste do RN são resgatados: 'Vivos para contar história'

Irmãos sequestrados na Região Oeste do RN são resgatados: 'Vivos para contar história'

Dois irmãos empresários do ramo de turismo - que haviam sido sequestrados na segunda-feira (8) - foram resgatados nesta terça-feira (9) no município de Areia Branca, na Região Oeste do Rio Grande do Norte. A ação de resgate foi realizada em conjunto pelas Polícias Civil e Militar e ninguém ficou ferido. Os bandidos conseguiram fugir.

O resgate aconteceu quando os bandidos levaram um dos irmãos para sacar dinheiro em uma agência bancária na cidade. O procedimento havia acontecido outras duas vezes e os policiais se anteciparam na tentativa da terceira ação. Um dos irmãos foi resgatado na agência bancária e os bandidos fugiram a pé na sequência. O carro em que eles estavam, uma Amarok, foi abandonado em frente ao local.

Após o primeiro resgate, os policiais seguiram em busca do outro empresário. Ele foi encontrado em um matagal numa comunidade localizada a 8 quilômetros do centro de Areia Branca. "Nós estávamos desde ontem como reféns dentro do matagal e graças a ação da Polícia Civil e Militar nós estamos vivos para contar história, pelo excelente trabalho que eles fizeram", disse um dos empresários resgatados, que preferiu não se identificar.

"Consta que eles já tinham realizado dois saques de cinco mil reais e outra operação com valor maior ia acontecer. Sabendo disso, fomos ao local junto com a Polícia Civil e localizamos uma das pessoas sequestradas. Conseguimos ainda localizar o irmão em uma comunidade. Os dois passam bem", explicou Sárvio Diomedes, comandante da Polícia Militar de Areia Branca.

Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas, que têm uma empresa de turismo em Natal, foram atraídas para Areia Branca pelos sequestrados por uma promessa de negócios.

A Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca será a responsável por investigar o caso. "A gente está no início da investigação e acredita que quatro homens são os responsáveis por essa extorsão mediante sequestro. Nós acreditamos que vamos conseguir prender esses elementos", disse o delegado Renato Oliveira.

Por G1 RN

Postar um comentário

0 Comentários