Trio acusado de massacre em presídios do Amazonas é preso em flat de luxo em Natal

Trio acusado de massacre em presídios do Amazonas é preso em flat de luxo em Natal

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu três acusados de participação em massacre dentro presídios de Manaus, no Amazonas, em maio deste ano. O trio estava foragido e foi capturado em um flat de luxo em Ponta Negra, na zona Sul de Natal. A ação se deu em apoio à Operação Guará, deflagrada nesta sexta-feira (26), no estado do Norte do país.

Foram presos em cumprimento de mandados de prisão Andreza Rodrigues Lobo, 34 anos, Rômulo Raphael dos Santos Morais, 27 anos e Leandro dos Santos Chaves, de 25 anos. A prisão dos foragidos faz parte de uma investigação da Polícia Civil do Amazonas, que visa prender integrantes de uma facção criminosa daquele Estado. As investigações da Polícia Civil do Amazonas conseguiram identificar os principais integrantes que ainda estavam foragidos.

O principal motivo da investigação da Polícia Civil do Amazonas foram os homicídios que aconteceram em presídios do Amazonas, nos dias 25 e 26 de maio deste ano, totalizando 55 mortos. Eles estavam custodiados em quatro estabelecimentos prisionais do Estado. A investigação apurou que as mortes foram devido a uma disputa interna de poder entre facções criminosas, uma delas de atuação nacional.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Por Portal No Ar

Postar um comentário

0 Comentários