Familiares e amigos de potiguar assassinada na PB protestam por justiça

Familiares e amigos de potiguar assassinada na PB protestam por justiça

Familiares e amigos da adolescente Karolina Oliveira - encontrada morta no início do mês na Paraíba - protestaram nesta quinta (15) por justiça. Eles foram às ruas de Goianinha, cidade onde Karolina morava, para cobrar a solução do caso.
"Nós não vamos sossegar enquanto quem fez isso não for preso", disse Francisco Ananias Gomes, pai de Karolina. A mãe da adolescente desmaiou logo no início do ato e precisou ser amparada por familiares. Vestidos de branco e carregando faixas, dezenas de pessoas participaram do protesto.
A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado em conjunto pelas equipes da Paraíba e do Rio Grande do Norte e que está sendo tratado como prioridade. O delegado Thiago Cavalcanti, titular da Delegacia de Mamanguape, afirmou que a polícia está levantando placa por placa dos veículos que passaram pela região para tentar chegar ao assassino.

"O protesto da família é legítimo, nesses casos a família fica muito angustiada. E como a investigação é sigilosa a sociedade em geral não entende esse silêncio, mas o caso está sendo investigado, apenas não podemos divulgar tudo o que temos", disse o delegado.

O crime

A estudante Karolina Oliveira Gomes, de 16 anos, saiu de casa, em Goianinha, na noite de 5 de agosto para imprimir um trabalho da escola e não voltou. No dia seguinte o corpo dela foi encontrado, sem roupas, em um canavial em Mamanguape, a 80 quilômetros de Goianinha.

Por G1 RN

Postar um comentário

0 Comentários