CASO KAROL: Principal suspeito passa por audiência de custódia na Paraíba.

Josué] admite que é a pessoa que aparece nas imagens de câmeras de segurança, e que fez contato com a vítima [Karol, como a moça era conhecida] porque parou para comprar um
descongestionante nasal em uma farmácia. Mas diz que foi embora em seguida, e nega envolvimento com o crime”, relatou o delegado Tiago Augusto, da Seccional de Mamanguape, delegacia paraibana responsável pela investigação.
Apesar de negar participação na morte de Karol, as sequências dos fatos envolvendo o homem o ligam diretamente ao crime. Josué dos Santos é caminhoneiro de uma transportadora de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana de Recife (PE). No dia 5 de agosto, ele estava a bordo do caminhão modelo ‘Cargo 815e’, de cor prata, e placa PFD 9872. O veículo passa em frente à farmácia onde ele teria ido comprar o descongestionante às 19h13 e estaciona na lateral de uma academia de musculação na esquina com a drogaria. A movimentação foi registrada por uma câmera de monitoramento. De acordo com o delegado, “o relatório de monitoramento do veículo também identificou essa parada em Goianinha”.

Postar um comentário

0 Comentários