Polícia Civil prende grupo criminoso interestadual envolvido em roubo a carro-forte em Bom Jesus

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR/RN) prenderam, nesta quarta-feira (11), dois homens e uma mulher suspeitos de integrarem um grupo criminoso envolvido em um roubo a carro-forte, ocorrido no município de Bom Jesus, na quinta-feira (6), quando um policial militar que estava de serviço foi atingido por disparos.

A ação policial se iniciou em uma residência no bairro Cajupiranga, no município de Parnamirim, onde os suspeitos entraram em confronto com os policiais. Dois homens foram atingidos por disparos e socorridos, mas não resistiram aos ferimentos, sendo um deles identificado como Francisco Emerson Gomes da Rocha, conhecido como “Ceará”, 31 anos.


“Ceará” é apontado nas investigações como o mentor do roubo ao carro-forte realizado na cidade de Bom Jesus. Em desfavor dele havia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de roubo e por integrar organização criminosa. O outro homem estava com documento falso e não foi identificado até o momento.

Com eles, foram encontrados dois revólveres calibre .38. Na residência, os policiais apreenderam um carregador de fuzil, dois veículos, a quantia de R$ 3.486,00 (três mil, quatrocentos e oitenta e seis mil reais) em dinheiro, inclusive cédulas queimadas e danificadas. Laranda Oliveira dos Santos, 24 anos, natural de Natal/RN, foi presa pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, receptação e associação criminosa.

Em seguida, os policiais realizaram diligências em uma granja situada em Lagoa Azul, Zona Rural de Nísia Floresta, local onde os suspeitos se reuniam, antes de praticarem os crimes. No imóvel, foram apreendidas uma espingarda e munições calibre .12, além de uma máquina de contar cédulas que estava queimada.

Na granja, foram presos Thiago Henrique de Oliveira, 32 anos, natural de Santa Rita/RN, e Maciel Sales, 30 anos, natural de Natal/RN. Ambos foram autuados em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, receptação e associação criminosa.

Postar um comentário

0 Comentários