Uber anuncia novos recursos de segurança para seus usuários e motoristas

A Uber anunciou nesta quarta-feira, 6, uma série de novos recursos e iniciativas voltadas à segurança durante o primeiro evento da empresa sobre esse tema na América Latina, realizado em São Paulo. Entre as novidades, destaque para as novas ferramentas de gravação de áudio no aplicativo e verificação de documentos de usuários, que tiveram seu lançamento global no Brasil.

Além dos dois recursos, inéditos no mundo, foram anunciados também a ampliação da equipe de engenheiros e especialistas em tecnologia do Tech Center instalado pela Uber em São Paulo em 30%, com a criação de uma equipe dedicada a Uber Eats; quatro outras ferramentas de segurança inéditas na região, sendo um recurso de senha para ajudar o usuário a verificar sua viagem; um aprimoramento no recurso de selfie do motorista, que pede a ele que realize movimentos antes de checar a foto; uma ferramenta de checagem de rota, que dispara mensagens quando há uma parada muito longa não prevista; a opção de reportar um problema ainda durante a viagem; a integração do botão “Ligar para a Polícia” com forças policiais da região, com compartilhamento automático da localização em algumas regiões; e a continuidade do apoio a ONGs que trabalham o tema de violência contra a mulher, com o compromisso de investir R$ 5 milhões ao longo dos próximos três anos.

Todas essas novidades fazem parte do compromisso global assumido pela empresa de colocar a segurança como sua principal prioridade.

O evento

O diretor do Tech Center da Uber no Brasil, Marcello Azambuja, abriu o evento destacando o aumento do time de especialistas trabalhando no centro, o primeiro da empresa na América Latina e com foco em segurança. A partir de agora, o local também passará a contar com uma equipe voltada apenas para Uber Eats.

“A América Latina enfrenta importantes desafios de segurança e a nossa operação está inserida nesse contexto. Queremos continuar oferecendo mobilidade e oportunidade de geração de renda, sem perder de vista a busca por soluções que diminuam riscos. O Centro é a materialização de um compromisso pelo aprimoramento constante da segurança”, afirmou Azambuja.

Na sequência, o diretor global de produtos de segurança da Uber, Sachin Kansal, fez uma demonstração ao vivo sobre os novos recursos de segurança que serão testados em algumas cidades, além de relembrar as ferramentas já existentes.

“Olhamos para a segurança do usuário e também do motorista parceiro”, disse Sachin ao apresentar a ferramenta que passa a solicitar a identidade do usuário. “Nos importamos com o usuário e com quem colocamos no carro junto aos motoristas. Por isso, ao longo dos últimos anos, implementamos diversas ferramentas para checar a identidade das pessoas. Mas entendemos que isso não é o suficiente e por isso estamos dando mais esse passo.”

Também anunciada globalmente, a nova ferramenta de gravação de áudio permite ao usuário e ao motorista compartilhar as conversas de uma viagem com a Uber, se desejarem. “Se houver necessidade, essa ferramenta pode ajudar a nos dar mais clareza sobre o que aconteceu dentro do veículo numa viagem”, resumiu Sachin, lembrando o respeito da empresa à privacidade. “A ferramenta foi desenhada pensando nisso. O áudio é encriptado e permanece gravado no aparelho, o que significa que ninguém consegue acessá-lo. A Uber tem a chave da criptografia e só tem acesso ao conteúdo se o usuário ou o motorista decidirem enviar o áudio para a empresa.”

O evento também contou com a participação da Lourdes McLoughlin, diretora responsável pela área de Relacionamento com as Autoridades Policiais na América Latina. Ela explicou a importância do trabalho na colaboração com as autoridades, respeitando as legislações locais, e anunciou a iminente integração do botão de “Ligar para a Polícia” no México.

“Sabemos que numa situação de emergência, todo segundo conta”, disse Lourdes. “Neste momento, estamos trabalhando com autoridades policiais em algumas cidades no México para que os serviços de emergência recebam as informações sobre o carro e localização em tempo real de uma viagem, sempre que alguém apertar o botão ‘Ligar para a Polícia’. Somos gratos pela parceria para ajudar a implementar essa tecnologia e esperamos que outras forças, em outros países, também trabalhem conosco. É uma integração que podemos perfeitamente expandir para outros países.”

Diretora geral da Uber no Brasil, Claudia Woods anunciou a renovação do compromisso da empresa no enfrentamento da violência contra a mulher.

Postar um comentário

0 Comentários