Justiça mantém prisão de homem suspeito de estuprar sobrinho de 6 anos de idade na Grande Natal

A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do homem de 57 anos suspeito de estuprar o sobrinho da sua companheira, uma criança de 6 anos. O suspeito foi detido nesta quinta-feira (19) e a audiência de custódia aconteceu nesta sexta (20).

À juíza que presidiu a sessão, o homem confessou os abusos ao menino. O caso aconteceu em Macaíba, na Região Metropolitana de Natal. De acordo com o delegado Cidórgeton Pinheiro, que apurou o crime, o homem teria cometido o ato mais de uma vez com a criança, tendo o último ocorrido na terça-feira (17).

A criança morava na mesma casa em que o suspeito, junto também com a tia. O delegado conta que o menino foi abandonado pelos pais e era criando pela tia e pela madrasta. Essa tia descobriu o que havia acontecido e procurou a polícia.

Depois de preso, o suspeito, que trabalha como mecânico industrial, confessou o crime na delegacia. O homem chegou a dizer em depoimentos aos policiais que era o garoto que o procurava. De acordo com o delegado, ele agora responderá por estupro de vulnerável.

O caso agora está em segredo de Justiça, por se tratar do estupro de um menor de idade. O suspeito foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) Masculino de Rosa dos Ventos, em Parnamirim, e ficará encarcerado até que seja julgado em definitivo. A criança está fazendo tratamento para evitar doenças sexualmente transmissíveis e será encaminhada a um psicólogo e ao conselho tutelar.

Por G1 RN

Postar um comentário

0 Comentários