Banco do Nordeste aplica R$ 4,9 bilhões no RN e bate recorde

O Banco do Nordeste fechou 2019 com recorde de contratações no Rio Grande do Norte. Somando recursos próprios e do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), foram gerados R$ 4,9 bilhões em negócios. O volume é 32% maior que os R$ 3,7 bilhões registrados em 2018, até então a melhor marca do BNB no estado.

Na área de atuação do Banco, que inclui o norte de Minas Gerais e Espírito Santo, o RN foi o segundo que mais contratou por meio da linha FNE Infraestrutura. Os projetos, com predominância de investimentos em fontes renováveis de energia, demandaram R$ 2,9 bilhões.

Comércio e Serviços (R$ 512 milhões), Indústria (R$ 452 milhões), Agropecuária (R$ 249 milhões) e Turismo (R$ 211 milhões), na sequência, foram os setores que registraram os maiores volumes de contratações. Em que pese o potencial econômico de Natal e Região Metropolitana, 48% dos negócios fechados pelo BNB em terras potiguares foram realizados em municípios inseridos no Semiárido.

“Superamos os números de 2018 contando com o esforço e a competência das nossas equipes, distribuídas pelas agências, centrais e Superintendência Estadual, tudo realizado dentro dos índices de conformidades exigidos pelo BNB. Tivemos um ano excepcional e o Estado do Rio Grande do Norte mostrou, mais uma vez, seu grande potencial para atração e realização de negócios”, avalia o superintendente Jorge Bagdeve.

Micro e pequenos

Por segmento, cabe destacar a destinação de recursos para micro e pequenos empreendedores. As contratações com MPEs no Estado superaram R$ 300 milhões. No microcrédito orientado, o Crediamigo Banco do Nordeste, que oferece empréstimos de até R$ 21 mil, atingiu R$ 596 milhões em mais de 235 mil operações.

A pulverização do crédito também chegou ao campo, com o programa de microcrédito rural do BNB, o Agroamigo. Em 2019, a linha possibilitou a realização de 27 mil operações, totalizando R$ 138,5 milhões concedidos aos agricultores norte-rio-grandenses.

Agora RN

Postar um comentário

0 Comentários