Campanha RN + Saudável pela Vida propõe maior acolhimento da saúde da população

Campanha RN + Saudável pela Vida propõe maior acolhimento da saúde da população

Com o tema “RN + Saudável pela Vida - Tecendo Redes Potiguares de cuidado”, o Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria Estadual de Saúde do RN (SESAP), lançou na tarde desta terça-feira (28) a campanha para desenvolver e executar ações que fortaleçam a saúde física e mental da população de todo o estado, especialmente das pessoas em situação de vulnerabilidade, neste momento da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

"Em conjunto com os municípios do RN e com parceiros importantes como as universidades e os ministérios públicos, o Governo vai construir redes de apoio em todo o Rio Grande do Norte. Assim vamos sair juntos dessa pandemia", acredita a governadora Fátima Bezerra. O Estado vai desenvolver e executar ações pautadas em eixos temáticos previstos no projeto da campanha que são cultura da paz; práticas esportivas e alimentação saudável; ambientes saudáveis; equidade e inclusão social. Dentro de cada eixo serão desenvolvidas, para as diversas faixas etárias (criança, adolescente, adulto e idoso), além de ações de conscientização.

Em sua fala, o Secretário Estadual de Saúde, Cipriano Maia, destacou que um dos pontos fortes da campanha é a intersetoriedade. “A campanha contará com empenho e o compromisso de profissionais de diversas secretarias e órgãos para, em conjunto e alinhado com o movimento mundial de promoção da saúde, promover ações de cuidado com a população. Mais importante do que o medicamento e o leito, atitudes que fazem com que a pessoa não adoeça que são cuidados essenciais para toda vida”, disse.

Teresa Freire, coordenadora do Programa RN + Saudável e da campanha, explicou que serão criados grupos de articuladores junto aos municípios para trabalhar as estratégias desenvolvidas. “Sempre tendo o diálogo como ponto de partida na construção coletiva, a campanha apresenta seus eixos básicos, e conversando com os municípios e diversos núcleos vamos construindo ações focadas em hábitos saudáveis respeitando as particularidades de cada um. Nossa meta é capacitar, presencialmente quando for possível e online, em torno de 300 profissionais”.

Entre as ações previstas estão o fortalecimento das redes de acolhimento; fortalecimento da intersetorialidade; da campanha “Feira Livre de Covid”; Caravana Cultural (com artistas, resgatando o saber popular, a cultura popular de cada grupo, região), “Cirandeiros do Cuidado” (respeito a diversidade, entre outros conceitos) e o diagnóstico de saúde do RN.

“A campanha desenvolvida pela equipe da SESAP, com esta interface, representa um alento, uma esperança pois carecemos de uma rede de cuidados com esta capilaridade para podemos dar uma melhor assistência para população em meio a pandemia”, disse o vice-governador Antenor Roberto de Medeiros.

O lançamento aconteceu em ambiente virtual e foi transmitido pelos perfis nas redes sociais do Governo do RN e do RN + Saudável. O evento contou com a participação, além dos já citados, do senador Jean Paul Prates, dos secretários Alexandre Lima (Sedraf) e Íris Oliveira (Sethas), dos secretários adjuntos Márcia Gurgel (Educação) e Osmir de Oliveira (Segurança Pública), do sub secretário da Pesca do RN, David Soares, do Procurador Chefe do Ministério Público do Trabalho, Xisto Tiago; e de representantes das universidades Federal e Estadual do Rio Grande do Norte e do Ministério Público Estadual.

Outras ações

Essa campanha se soma às ações executadas pelo Governo do RN durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Por meio do RN + Unido, por exemplo, de abril a julho o Governo do RN coletou em doações 53 toneladas de alimentos e material de higiene pessoal e limpeza, sendo 33 toneladas nos supermercados associados à ASSURN e o restante por meio de doação de sindicatos, empresas, associações, MST, entre outros. Foram distribuídas neste período a 92 entidades em 19 municípios do RN em torno de 3.823 cestas básicas e 1.004 kits de higiene e limpeza.

Por outro programa, o RN + Protegido, também foram distribuídas junto com as cestas 32.454 mil máscaras do e 1.512 litros de álcool etílico 70% na sua primeira fase. Na segunda fase, o programa fará a distribuição de 2 milhões de máscaras e ao final a expectativa é distribuir 7 milhões por todo território potiguar.

Postar um comentário

0 Comentários