Acusados de sequestrarem, matarem e queimarem adolescente vão a juri popular nesta quarta feira em Mossoró

Acusados de sequestrarem, matarem e queimarem adolescente vão a juri popular nesta quarta feira em Mossoró

O Tribunal do Júri Popular de Mossoró julga, nesta quarta feira 25 de novembro de 2020, quatro pessoas acusadas de um dos mais bárbaros crimes ocorridos em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. Estarão sentados no bando dos réus Fábio David da Silva Aquino, de 20 anos, Maria Luisa de Moura Diogenes, de 29 anos, Leticia Vital Ramos, de 21 anos, e Danilo Souza de Lucena, de 22 anos.

Eles são acusado de matarem a adolescente Geane de Melo Nogueira, na época com 12 anos de idade, crime ocorrido no dia 04 de novembro de 2018, na Rua Pupunha, no Conjunto Malvinas no Bairro Dom Jaime Câmara. Geane foi raptada de dentro de casa, torturada, morta e teve o corpo queimado. O corpo dela foi encontrado carbonizado em uma região de mata na mesma região de mata, dois dias depois do seu desaparecimento, lá mesmo nas Malvinas

O júri Popular será presidido pelo Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros presidente do TJP. O Ministério Público do Rio Grande do Norte será representado pelo Promotor Público Ítalo Moreira Martins. O advogado José Galdino da Costa vai defender o réu Danilo Souza de Lucena . Os demais serão defendidos pela Defensoria Pública do Estado.

O Juiz presidente do Tribunal do Juri Popuar Dr. Vagnos Kelly informa que o julgamento não será aberto ao público, em razão das restrições decorrentes do Covid-19, ficando restrito aos pais, filhos maiores de 18 anos, cônjuges e companheiros de acusados e vítima.



Postar um comentário

0 Comentários